Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘globalização’

“EUA, Bem-vindos ao Terceiro Mundo!” 

Uau, com este titulo a professora Rosa Brooks, inicia seu texto para o Los Angeles Times, leia a integra aqui.

E diz mais, “Não é todo dia que uma superpotência tenta se transformar em nação de terceiro mundo. Por isso, nós aqui do Banco Mundial e do FMI desejamos ser os primeiros a dar-lhes as boas-vindas à comunidade de Estados necessitados de ajuda …crise energética, uma crise de moradia, uma crise de crédito e uma crise no mercado financeiro, todos ao mesmo tempo, e acompanhadas por impressionantes níveis de corrupção e especulação.” UAU e UAU!

Acha que acabou … “Sua transição para o terceiro mundo será dolorosa. No início, vocês terão dificuldades para se acostumar com às favelas que crescerão nos subúrbios das cidades, mas com o tempo elas se tornarão parte da passagem paisagem.” UAU, UAU e UAU! 

E conclui “Apesar de nunca terem percebido, vocês já estão se preparando para este momento há anos!”

Nunca imaginei em tempos exponenciais, ver o fim de uma superpotência! Você imaginava?

Anúncios

Read Full Post »

O Economista Jim O’Neil criador do termo BRIC – Brasil, Rússia, Índia e China – afirmou que o Brasil entre os quatros países – É hoje o que tem melhor condições económicas-

E que a crise mundial, é um bom teste para nossos eventos ecônomicos!

Então, hoje podemos cantar “Gigante pela própria natureza, és belo, és forte impávido colosso” £¥∞ … pátria amada Brasil!!

  

Read Full Post »

Crédito para conteúdos digitais – inclui novas mídia – tem dinheiro de sobra no BNDES! Dos R$ 175 milhões, destinados para este tipo de projetos! Foram utilizados apenas R$ 40 milhões!

Este dinheiro faz parte do PROCULT – Programa de incentivo a produção de conteúdos digitais – 

Liga lá! monta seu business plan! Não tema errar! O Brasil precisa de mentes engenhosas! 

Read Full Post »

Rodrigo Lara Mesquita, idealizador da rede social 100% Brasileira a PEABIRUS, escreveu um artigo sensacional, com o titulo deste deste blog para o Jornal O Estado de S. Paulo

Com reflexões inteligentes, Mesquita interpreta que a rede mundial acaba com demarcações geopolíticas e instala a cidadania global e o capitalismo digital.

Mesquita que não é um Internet Boomer ou um webnative, faz um comparativo com a minha querida São Paulo de 50 anos atrás,  infinitamente menos contrastante, dramática, fragmentada, diversa e complexa.

Faz uma análise da solidão digital Você podia sentir a solidão, a ansiedade por não se sentir parte de algo, que ronda todos nós. O excesso de objetivo que não seja monetário, o imediatismo, a cultura da esperteza, a competitividade ao extremo.” Conclui Mesquita!

Inovação, tecnologia, Alan Grespan, resistências nacionalistas, capital e mundo digital, está tudo lá no artigo! Vale a pena ler, aproveite! Veja a integra do artigo de Rodrigo Lara!

(mais…)

Read Full Post »

Momento mágico nossa humanidade vive, depois de séculos – desde a decadência do Império Romano – presenciamos um Império acabando, é o apogeu e peregeu do império Americano.

Fundar um capitalismo solidário, será/é função dos países “emergentes” *Thomas Friedman disse que o mundo é plano, esqueça! 

Roger Cohen, editor do The International Herald Tribune em brilhante artigo inverte a ordem do mundo e pontua “O Mundo está de cabeça para baixo”, Roger nos convida a inverter a forma de raciocinar!

 Ele afirma: “Nós, espécies paleolíticas do mundo desenvolvido somos alvos das críticas dos novos ricos agora, com nosso papel de predador exaurido. Os Estados Unidos e a Europa poderão em breve necessitar de toda a caridade que conseguirem obter.

A globalização agora é uma via de mão dupla; na verdade, é uma rua indiana com o tráfego insinuando-se em todas as direções.  Veja o mundo desenvolvido como dependente do mundo em desenvolvimento, em vez do outro modo. 

Para dar uma idéia melhor dessa inversão, ajuda estar no Brasil, onde o inverno (forma de falar) chega com o verão no hemisfério norte, e o otimismo econômico, tão exuberante quanto a vegetação, aumenta no mesmo ritmo acelerado das execuções de hipotecas nos Estados Unidos. Entenda que dois terços do crescimento econômico global no ano passado vieram dos países emergentes, cujas economias vão se expandir cerca de 6,7% em 2008, contra 1,3% para os Estados Unidos, o Japão e os países da zona do euro.

A mudança que está acontecendo no poder econômico tem implicações que ainda não foram captadas pelo mundo desenvolvido. Claro que o G-8 e a constituição dos membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU precisam ser mudados para refletir essa mudança. O século 21 não poderá ser conduzido com instituições do século 20.  

 

Veja o artigo de Roger Cohen na Integra aqui!

(mais…)

Read Full Post »

Palavras escritas ficam para a eternidade! Havia perdido este texto e um dia vasculhando as prateleiras digitais. Encontro-o, li, refleti e relembreida minha 1o coluna Mundo.com! Espero que gostem!

Em uma atitude de fascinação pelo mundo.com, em novembro de 1998,durante encontro com estudantes de uma universidade em Roma, João Paulo 2º ressaltou a importância da internet, declarando: “a internet mudou um pouco o mundo e, obviamente, também um pouco a minha vida”. João Paulo 2º utilizou a internet para superar fronteiras, para um parlatório, aberto 24 horas por dia, sete dias por semana.
A falta de líderes mundiais criou um palco para o surgimento de um grande ator, de um grande personagem que faltava para o mundo. Com João Paulo 2º vimos o retorno do super-homem, ele foi o papa da globalização, tendo visitado 129 países. Ideologicamente conservador passará para a história como o papa que derrotou o comunismo e fechou o livro do socialismo utópico.
Também será reconhecido como o líder religioso que melhor soube utilizar os meios de comunicação moderna, para divulgar a mensagem da Igreja Católica. Utilizou novos mapas para divulgar antigas idéias da Igreja de 300 anos atrás.
Quando a internet ainda estava embrionária, em 1995, o site do Vaticano foi lançado em seis idiomas, incluindo o português.
Contém biografias Papais, agenda de celebrações e informações sobre o Museu do Vaticano.
Em junho de 1998, a internet foi palco do Vaticano para se criar o primeiro documento oficial em idioma chinês assinado pelo papa e transformado em site. A Igreja católica utilizou a internet para quebrar as perseguições e imposições aos cristãos, patrocinada pelo governo comunista chinês.

Um pouco depois, em agosto de 1998,o vaticano passou a transmitir, via internet, os discursos proferidos pelo papa. Quando anunciou as transmissões digitais, a Santa Fé disse que a idéia era “aumentar a presença do Vaticano no mundo moderno da comunicação”.
A força da Igreja Católica ficou nos derradeiros dias do pontífice!A internet e o Cristianismo nunca estiveram tão próximos, detalhes aparentemente irrelevantes criaram uma atmosfera de despedida.
Na sala de imprensa do Vaticano, por exemplo, o protetor de tela dos computadores diz: ”We, journalists, love John Paul II” (“Nós, jornalista amamos João Paulo II”).
No caminho da despedida, Jesus, porteiro de um prédio comercial em São Paulo, aproveitou a internet para, em um gesto de intimidade, entrar em um portal, clicar em um banner que avisa aos internautas “Deixe sua última mensagem para João Paulo II”. O cristão brasileiro clicou e escreveu: ”Obrigado por mostrar meu anjo! Antônio de Jesus – São Paulo-Brasil”.
A cerimônia fúnebre foi acompanhada por centenas de milhões de sites, da NBC norte-americana á Al Jazira árabe, passando por blogs russos, terminado pelo site oficial do governo chinês, presente, pela primeira vez, no Vaticano.
A internet também está ajudando a angariar votos para os papáveis é um dos nomes mais cotados para ser futuro papa é o do cardeal alemão Joseph Ratzinger, que possui até um fã-clube, com página na internet (www.ratzingerfanclub.com). O site divulga a biografia do cardeal, vende camisetas, bonés, canecas, bottons e outras lembranças.
Ironicamente alguns produtos são “Made in China”, um país que é contra a Igreja e na maioria das vezes utiliza trabalho semi-escravo para baratear as mercadorias, o que certamente é um contra-senso para uma entidade que se opõe á desigualdade e injustiça social. Porém, a internet é um veículo democrático, há textos de apoio e protestos, escritos com absoluta improvisação e inocência. No entanto, algumas vezes há críticas anônimas, como a que citou a célebre frase de Galileu “Adeus papa, e infeliz a terra que precisa de heróis”.
Religioso ou não, concordando ou discordando de João Paulo 2º, perdemos não apenas um líder religioso, mas um grande pacifista. Ele respondeu a célebre pergunta feita por Stalin para Roosevelt e Churchill, após a Segunda Guerra:
“Quantas divisões tem o papa? Ele não possui fuzis, tanques, navios ou aviões”. Ele só soube falar de amor, de compreensão, de justiça social e igualdade entre povos e, por tudo isso, surgiu como um super-homem.

snoopyinmydreams.gif

Read Full Post »

Por que eu preciso de um celular com 4.098 cores? Por que eu preciso de um mp3 que armazena 40.000 músicas, se não tenho tempo para escutar um CD inteiro? por que tanta histeria em volta do iphone? Você se tornou um zumbi digital?

Read Full Post »

Older Posts »